top of page

Aqui no consultório temos expertise em planejamento, cirurgia e restauração dos dentes e muita experiência, pois a aplicação dos implantes também depende dos profissionais que o realizam.

Implantes Dentários

Nos últimos 25 anos os implantes dentários passaram por uma revolução. Assim como acontece na maioria dos procedimentos de tratamentos odontológicos hoje, os implantes não passaram somente por descobertas científicas importantes, mas também pelo aprimoramento da parte clínica. 

Um implante dentário é um substituto para a raiz do dente. Os implantes são inseridos dentro do osso maxilar e uma vez inseridos cirurgicamente não são visíveis.  São feitos de titânio, um material leve, forte e biocompatível, o que significa que não são rejeitados pelo organismo.

Titânio e ligas de titânio são metais amplamente usados em implantes ósseos e dentais e têm uma taxa de sucesso maior do que qualquer outro dispositivo cirúrgico implantado.

A ósseo-integração (integração com o osso) é a base biológica que permite o sucesso do implante dental. Quando os dentes são perdidos, o osso que antes apoiava o dente é perdido também. A colocação do implante estabiliza o osso, impedindo sua perda. Juntamente com a substituição dos dentes perdidos, os implantes ajudam a manter a forma e a densidade do osso maxilar.

O osso maxilar suporta o esqueleto facial e indiretamente toda a estrutura dos tecidos moles (gengiva, bochechas e lábios). Além da função estética, os implantes ajudam o paciente a mastigar, sorrir e falar de maneira natural, possibilitando bem estar social, psicológico e físico.

 

Como saber se preciso fazer um implante?

De um modo geral, se você perdeu os dentes, você é um candidato a realizar um implante dentário. Faça um avaliação conosco sem compromisso.

 

 

bottom of page